Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Mapa dos limites da capitania de Goiás

 

 

 

 

 Apresentação/Leitura paleográfica

   

 

Primeiro mapa dos limites da Capitania de Goiás elaborado a pedido do Secretário da Capitania Ângelo dos Santos Cardoso. Abrange também a Capitaniade Mato Grosso e parte da de São Paulo. Assinala os limites de Goiás que, do lado ocidental, estão traçados pelo Rio das Mortes, desde as suas cabeceiras até as proximidades da confluência com o Araguaia, e pelo divisor de águas até as nascentes do Itacaiúnas. Essa configuração das fronteiras de “Goyaz” era a proposta de Dom Marcos de Noronha, Conde dos Arcos, primeiro governador e Capitão-General da Capitania de Goiás (1749–1754), apresentada em ofício encaminhado em 12 de janeiro de 1750 ao Governo português. Mostra igualmente as comunicações entre as bacias do Prata e do Amazonas.1

Lista 47 lugares representados no mapa. “Identificou os caminhos de Vila Boa para os arraiais, para Cuyabá, notificou com pontilhados os acessos entre os sítios, com indicação das léguas marcando as distâncias. Assim como todos os caminhos levavam a Roma no império antigo, todos os caminhos dos sertões partiam do arraial de Vila Boa. Esta representação reflete o interesse político de um discurso, que oportunamente, ilustrou o arraial como centro político e econômico em detrimento de outros, como Jaraguá e, principalmente, Meia Ponte”.2

Para maiores informações sobre o contexto político, econômico e social da elaboração deste mapa, o primeiro de “Goiaz”, bem como de outras especificidades sobre ele, consultar o artigo “Primeiros mapas da Capitania de Goiás”, do historiador Wilson Vieira Júnior. (Cf. neste GUIA p. 32)

 

 

Leitura paleográfica:

1 Sanctos.

2 S. Vicente.

3 Fortaleza da Barra Grande.

4 Forte da Bertioga.

5 Conceição.

6 Iguapy.

7 Cananea.

8 S. Paulo.

9 Parnayba.

10 Ytú.

11 Araraytaguaba.

12 Sorocaba.

13 Jundiay.

14 Mogy.

15 Arrayal dos Bororos governados p.lo Cor.el An.to Pires de Campos.

16 Sancta Cruz.

17 S. Luzia.

18 Meya Ponte.

19 Jaraguá.

20 Ouro Fino.

21 Ferreiro.

22 Villa boa.

23 Barra.

24 Anta.

25 Pilloens.

26 Crixá.

27 Guarinos.

28 Pillar, ou Papoam.

29 Agoa quente.

30 Trayras.

31 S. José.

32 S. Rita.

33 Moquem.

34 Chapada de S. Gonçalo.

35 Morinhos ou Amaro Leite.

36 Corriola.

37 Carlos Marinho, ou S. Felix.

38 Chapada de S. Felix, ou de Carlos Marinho.

39 Cavalgante.

40 Paranã, ou Itiquira.

41 Arayas.

42 Barra da Palma ou [terras novas].

43 Duro.

44 Nativid.e.

45 Pontal.

46 Descuberto do Carmo.

47 Missão dos P.P da Comp.a.

 

 

Referências:

 

1. VIEIRA JÚNIOR, Wilson. SCHLEE, Andrey Rosenthal. BARBO, Lenora de Castro. Tosi Colombina, autor do primeiro mapa da Capitania de Goiás? XXIV Congresso Brasileiro de Cartografia, Aracaju/SE, Brasil, 16 a 20 de maio de 2010.

2. BOAVENTURA, Deusa Maria Rodrigues. Urbanização em Goiás no século XVIII. Tese de Doutorado apresentada na FAU-USP, 2007, p. 84-85.

3. ADONIAS, Isa. Mapas e planos manuscritos relativos ao Brasil colonial: 1500–1822, Rio de Janeiro: MRE, 1960.

 

 

Fonte – Mapoteca do Itamaraty

Medidas – 62cm × 50cm

Data – 1750

Localização – Ficha da Região Centro-Oeste

Arquivo Público do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ArPDF

Setor de Garagens Oficiais SGO
Qd. 05 Lote 23 - CEP: 70.610-650 Brasília/DF - Tel.: (61) 3361-7739 arquivopublico@arquivopublico.df.gov.br