Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/09/17 às 14h44 - Atualizado em 9/10/17 às 15h27

Secretaria de Comunicação Social do Distrito Federal

1. História Administrativa
A Secretaria de Comunicação Social do Distrito Federal foi criada pela Lei nº 7.456 de 1º de abril de 1986, com as competências de: tratar do relacionamento com a imprensa, atividades de relações públicas, publicidade e propaganda, pesquisa de opinião pública e regulamentação da comunicação social.
Entretanto, as atividades de acompanhamento e relações públicas já eram desenvolvidas desde a criação da Prefeitura. A documentação produzida pelo Setor Fotográfica do Gabinete do Prefeito e, posteriormente, pela Assessoria de Comunicação Social, passou a integrar o acervo da Secretaria de Comunicação Social, passou a integrar o acervo da Secretaria de Comunicação Social.
Sendo assim, foi feita a acumulação de um conjunto arquivísticos bastante peculiar, pois é basicamente composto pelos gêneros fotográfico e videográfico/filmográfico.
O acervo é composto de fotografias aéreas de Brasília, regiões administrativas do Distrito Federal, regiões dos Estados de Goiás, Bahia e Tocantins. Contempla também imagens de satélite de regiões do Distrito Federal e de municípios limítrofes ao Distrito Federal. Apresenta ainda mapas temáticos dos municípios do entorno do Distrito Federal.
2. História Arquivística e Conteúdo
O recolhimento inicial deste fundo data de abril de 1987, quando foram resgatados pelo ArPDF cerca de 200 mil negativos e respectivos contatos, sob forma de massa documental acumulada, relativo aos governos compreendidos entre 1963 e 1985.
Posteriormente, o recolhimento passou a ser feito ao fim de cada período de governo. Foram considerados, inicialmente, como de valor permanente os documentos com datas-limite entre 1963 e 1969, período em que a administração cabia à Prefeitura do Distrito Federal. A opção pelo recolhimento no final de cada governo deve-se ao fato de haver no ArPDF uma sala climatizada, que permite melhor conservação dos negativos.
Além disso, havia o temor de que a documentação não fosse preservada, caso ficasse sem receber rapidamente o tratamento necessário. Os conjuntos fotográficos foram organizados em séries temáticas que correspondem a cada gestão de prefeito/governador e estão divididos em séries.
Registros fotográficos e fílmicos sobre as atividades desenvolvidas pelo Gabinete do Governador do Distrito Federal, cobertura fotográfica em praticamente todas as áreas de atuação do governo, como dentre outras: segurança pública, agricultura, saúde, educação, cultura, serviços sociais, viação e obras públicas, serviços públicos, finanças, eventos e regiões administrativos, procuradoria geral, governo federal, corpo diplomático e órgãos internacionais.
O Fundo SCS recolhido pelo ArPDF compõe-se de documentos fotográficos  e filmográficos. Foi produzido e acumulado pelo Serviço de Imagem e Som da Secretaria de Comunicação Social – SCS, órgão do governo do DF, no período compreendido entre 1963 e 1990.
A documentação fotográfica registra imagens diárias das ações governamentais em eventos de caráter público tais como: reuniões, solenidades, obras e inaugurações, entre outros. O setor de documentação fotográfica, antigo Serviço de imagem e som, produziu filmes, vídeos e fotografias. Coube, ainda, a esse setor o processamento técnico e arquivamento dos negativos e contatos das missões fotográficas.
 * Crédito da foto: Inauguração do Parque Infantil do Jardim Zoológico. Brasília, 1963. 

Arquivo Público do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

ArPDF

Setor de Garagens Oficiais SGO
Qd. 05 Lote 23 - CEP: 70.610-650 Brasília/DF - Tel.: (61) 3361-7739 arquivopublico@arquivopublico.df.gov.br